Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Agentes e cooperativa iniciam trabalho de conscientização na região norte

Atividade visa estimular a participação dos moradores na coleta seletiva também como forma de combate ao mosquito da dengue

  • Escrito por Assessoria de Imprensa CMTU

 

Nesta quinta-feira (7), a partir das 8h, os agentes de endemias começam um trabalho de conscientização junto aos moradores da região norte de Londrina. A iniciativa, realizada juntamente com catadores da cooperativa Coper Região, visa incentivar a correta separação do lixo reciclável e destacar a prática como ferramenta importante no combate ao Aedes aegypti. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, a região da cidade com maior percentual de infestação é a norte, com 5,20% dos imóveis com focos.

Como boa parte dos casos está relacionada ao acondicionamento e descarte inadequados dos resíduos, a proposta é que ação contribua para a diminuição dos criadouros do inseto transmissor da dengue, Zika Vírus e Chikungunya. As atividades começam na avenida Claudete de Souza, em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) do Parigot de Souza, e se estendem até a região do conjunto Chefe Newton. A expectativa é que, gradativamente, a mobilização contemple todas as regiões da cidade.  

Para tanto, inicialmente serão distribuídos 26 mil panfletos aos moradores. Para atingir o maior número possível de residências e condomínios, está programada a confecção de outra leva com mais 150 mil unidades. Produzido por servidores da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), o material informativo teve como responsável pela impressão a Tetra Pak, empresa que já mantém parceria com poder público local para a execução de ações educativas.

Segundo a analista ambiental da CMTU, Eliene Moraes, a ação visa reforçar junto aos moradores a ideia de que, além de trazer benefícios ao meio-ambiente e gerar trabalho e renda aos catadores, a segregação e correta destinação do lixo é fundamental no combate ao Aedes. “Por meio do trabalho porta a porta dos agentes de endemias, queremos desenvolver uma grande campanha de mobilização. A intenção é ampliar a coleta seletiva e reduzir a quantidade de itens recicláveis conduzidos à Central de Tratamento de Resíduos (CTR)”, contou.

Treinamento – A iniciativa de conscientização é desdobramento da parceria iniciada em agosto entre CMTU e Secretaria Municipal de Saúde, quando servidores da companhia ministraram treinamento aos agentes de endemias. A capacitação envolveu informações sobre a relação entre o acúmulo de lixo e as formas de reprodução do mosquito da dengue, resultando num trabalho de sensibilização desenvolvido em setembro com os moradores do Heimtal.

registrado em:
Fim do conteúdo da página