Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Mais 17 praças da cidade serão cuidadas por empresários
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Mais 17 praças da cidade serão cuidadas por empresários

Entre as áreas públicas recém-adotadas estão as rotatórias do Moringão e da Avenida Waldemar Spranger com a Rua Bélgica

Em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira (26) na Prefeitura de Londrina, o prefeito Marcelo Belinati e o diretor-presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), Marcelo Cortez, assinaram 17 novos termos de cooperação do programa Boa Praça. A iniciativa permite que empresas ou cidadãos assumam a manutenção de áreas públicas e, em contrapartida, instalem placas de publicidade nos locais adotados.

A nova leva de adesões – que deve gerar economia de R$ 68 mil mensais aos cofres públicos - inclui rotatórias como a do Ginásio Moringão, na área central, e a da avenida Waldemar Spranger com a rua Bélgica, na zona sul. Nestes e nos outros 82 lugares apadrinhados em todo o município, os cuidados exigidos envolvem capina e roçagem do mato, plantio de flores num perímetro de pelo menos 15% do espaço e pintura dos meios-fios no entorno.

boa.praça.V2Durante a formalização da sociedade, o prefeito Marcelo Belinati cumprimentou as empresas adotantes pelo empenho em participar da manutenção da cidade. Ele ressaltou a importância das Parcerias Público-Privadas (PPPs) e destacou os benefícios mútuos deste processo. “Programas como o Boa Praça são bons para o poder público porque geram economia de recursos; são vantajosos para os empresários, que promovem a divulgação de suas marcas e são excelentes para a população à medida que tornam os pontos adotados mais bonitos e agradáveis”, disse.

Ele reafirmou o compromisso da sua gestão em restaurar a autoestima do londrinense com serviços que fazem a diferença no dia a dia da população. “Do ano passado para cá, pelo menos 35 praças foram revitalizadas pela Prefeitura em Londrina. Os espaços ganharam limpeza, pintura, nova iluminação, parquinho infantil e outros cuidados. Pode até parecer pouco, mas esse resgate de locais degradados faz com que as pessoas voltem a frequentá-los. São famílias, crianças e amigos que voltaram a ter onde se encontrar e se divertir”.

O prefeito citou também reformas em unidades básicas de saúde (UBSs), construção de novas creches, a troca da iluminação pública por lâmpadas de LED – mais duráveis e econômicas –, além da duplicação de importantes vias e da implantação da cidade industrial. “Trata-se de um conjunto de ações que está preparando Londrina para o futuro, com uma gestão voltada à qualidade de vida dos moradores”.

boa.praça.V3O presidente da CMTU, Marcelo Cortez, elogiou a atitude cidadã dos adotantes e aproveitou o ensejo para fazer um convite. Além das atividades de conservação já previstas no programa, ele desafiou os empresários a enfeitarem os locais para o Natal. “Vamos, juntos, aumentar e melhorar essas parcerias para deixar Londrina ainda mais linda, com ares de modernidade”.

Além de Cortez e do chefe do Executivo, participaram da cerimônia o presidente da Câmara de Vereadores, Ailton Nantes, o líder do prefeito no Legislativo, Jairo Tamura, novos e antigos empresários do Boa Praça e servidores da CMTU. O evento contou ainda com apresentação do violonista Yuri Marchese, que antes da solenidade executou obras do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos.

O Programa – Reformulado no início da atual gestão para deixar a cidade com aspecto ainda mais bonito, o Boa Praça permite que empresas, associações, grupos de pessoas ou iniciativas individuais assumam a manutenção de áreas públicas. Em troca, podem explorar a publicidade nos locais mediante a instalação de placas e totens.

O edital de credenciamento no programa fica aberto permanentemente e, para participar, os candidatos devem protocolar a solicitação na CMTU. A inscrição deve conter cópia do RG, CPF, comprovante de residência e a proposta de ação para o lugar escolhido.

Para pessoas jurídicas, é preciso entregar ainda cópia do ato constitutivo ou contrato social da empresa, cópia da inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e cópia dos documentos pessoais do responsável legal.

O modelo da carta de intenções pode ser baixado no site da CMTU, no endereço www.cmtu.londrina.pr.gov.br. O objetivo da medida é envolver a comunidade londrinense nos cuidados com o município, fomentando o sentimento de pertencimento e a participação cidadã.

Foto: Vivian Honorato

Registrado em:
Fim do conteúdo da página